Marilyn Monroe (1926 – 1962)

marilyn“Eu sei que eu pertenço ao público e ao mundo, não por ser talentosa ou mesmo bonita, mas porque eu nunca pertenci a nada e a ninguém.”

Marilyn Monroe

_________________________________________________________

Marilyn-Monroe-Marilyn Monroe (nascida Norma Jeane Mortenson; 1 de junho de 1926 — 5 de agosto de 1962)[3] foi uma atriz, cantora e modelo americana, que se tornou um sex symbol, estrelou em mais de 30 filmes que se tornaram um sucesso durante os anos de 1950 e 1960.[4]
Depois de passar boa parte de sua infância em lares adotivos, Monroe começou uma carreira como modelo, o que levou a um contrato de cinema em 1946 com a Twentieth Century-Fox.

 marilyn 3Suas aparições nos seus primeiros filmes eram pequenas, mas suas performances em The Asphalt Jungle, All About Eve (ambos de 1950) e sendo a primeira pessoa a posar para a Playboy, chamou a atenção. Em 1952, ela teve seu primeiro papel principal em Don’t Bother to Knock[5] que prosseguiu com o papel principal no filme, Niagara, um filme melodramático que habitava em seu poder de sedução.

marilyn 2Sua personalidade cômica em “loira burra” foi usada para filmes posteriores, como Gentlemen Prefer Blondes (1953), How to Marry a Millionaire (1953) e The Seven Year Itch (1955). Monroe estudou no Actors Studio para ampliar seu alcance na atuação para seu próximo filme dramático, o Bus Stop (1956), que foi aclamado pela crítica e recebeu uma indicação ao Globo de Ouro. Sua produtora, “Marilyn Monroe Productions”, lançou The Prince and the Showgirl (1957), pelo qual recebeu uma indicação ao BAFTA e ganhou um prêmio italiano, David di Donatello. Ela recebeu um Globo de Ouro por sua performance em Some Like It Hot (1959). O último filme concluido de Monroe foi, The Misfits (1961), co-estrelado por Clark Gable com roteiro de seu então marido, Arthur Miller.

marilyn_monroeAs circunstâncias de sua morte, é de uma overdose de barbitúricos, têm sido objeto de conjectura. Embora oficialmente classificado como um “provável suicídio”, a possibilidade de uma overdose acidental, bem como de homicídio, não foram descartadas. Em 1999, Monroe foi classificada como a sexta maior estrela-feminina de todos os tempos pelo American Film Institute. Nas décadas seguintes a sua morte, ela tem sido freqüentemente citado tanto como um ícone pop e cultural, bem como o símbolo sexual por excelência americana.[6][7][8] Em 2009, um canal americano a nomeou na #1 posição das mulheres mais sexy de todos os tempos.

wikipedia.org

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s