Heloísa Helena – Honestidade e Eficiência na Esquerda


“É como se estivessem arrancando meu coração. E não podem devolver os melhores anos da minha vida que dei à construção do Partido dos Trabalhadores.” Heloísa Helena – Fonte: O Jornal, citando Diário e Jornal do Senado – 3 de dezembro de 2003

Heloisa Helena - 3

 

 

 

Fonte: Wikipédia

Heloísa Helena Lima de Moraes Carvalho

(Pão de Açúcar, AL – 6 de junho de 1962)

enfermeira, professora e política brasileira


Heloisa_helena_110023Em 1998 foi eleita senadora por Alagoas, com a maior votação daquela eleição. Discordou de políticas do PT que tinha por conservadoras (muito especialmente a partir da Reforma da Previdência dos servidores públicos realizada no primeiro mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva) e em 2003, foi expulsa da legenda. No ano seguinte, foi uma das pessoas que fundaram o Partido Socialismo e Liberdade.

Em agosto de 2005 foi agraciada, pelo Governo do Estado de Alagoas, com a Medalha Marechal Floriano Peixoto. Em 20 de setembro de 2005 recebeu a Medalha de Mérito Pedro Ernesto, concedida pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro. Em novembro de 2005, em eleição livre promovida pela revista Forbes Brasil, foi eleita como a mulher mais influente na política e no legislativo Brasileiro. Em dezembro os profissionais de comunicação, agência de publicidade e leitores da Revista Isto ÉGente elegeram Heloísa Helena como Personalidade do ano de 2005.

Em 2006 foi candidata à Presidência da República pela coligação PSOL-PSTU-PCB, tendo conquistado a terceira colocação. Foi eleita vereadora de Maceió em 2008. Em abril de 2010 anunciou que não concorreria ao cargo de presidente da República, para concorrer, pela segunda vez, ao Senado Federal. Foi novamente candidata à vereança de Maceió em 2012. Atualmente exercendo mandato de vereadora por Maceió, capital do Estado de Alagoas.

Heloísa Helena
Heloisa Helena - 2
Vereadora de Maceió Bandeira de Maceió.svg
Período 1º de janeiro de 2009
até atualidade (2 mandatos consecutivos)
Senadora por Alagoas Alagoas
Período 1º de fevereiro de 1999
até 1º de fevereiro de 2007
Deputada estadual de Alagoas Alagoas
Período 1º de janeiro de 1995
até 1º de janeiro de 1999
Vice-prefeita de Maceió Bandeira de Maceió.svg
Período 1º de janeiro de 1993
até 1 de janeiro de 1995
Vida
Nascimento 6 de junho de 1962
Pão de Açúcar, AL
Dados pessoais
Partido PSOL
Profissão Enfermeira

 

Fonte: Wikiquote

  • “Só não digo que é palhaçada porque respeito os profissionais do circo.”

Sobre seu afastamento da bancada petista
Fonte: Revista Veja Edição 1810 . 9 de julho de 2003; Folha de São Paulo 01/07/2003 – 18h59
  • “É como se estivessem arrancando o meu coração, e não podem me devolver os melhores anos da minha vida, que passei construindo este partido.”

Arrancando lágrimas de colegas e servidores ao discursar contra a reforma da Previdência
Fonte: Revista Veja Edição 1831 . 3 de dezembro de 2003

Variação

“É como se estivessem arrancando meu coração. E não podem devolver os melhores anos da minha vida que dei à construção do Partido dos Trabalhadores.”

– Fonte: O Jornal, citando Diário e Jornal do Senado
  • “Não acredito que o poder tenha mudado as pessoas, que tenham se metamorfoseado ao tocarem os tapetes supostamente sagrados dos palácios. O poder não muda as pessoas, ele as revela.”

Em entrevista ao Jornal do Brasil, 03 de julho de 2005.
  • “É a política do eu conheço seus podres, você conhece os meus, mas vamos deixar tudo como está.”

Criticando a postura do PT, que ameaçava assinar pedido de CPI do financiamento de campanhas se a oposição insistisse na CPI do escândalo Waldomiro Diniz
Fonte: Revista Veja Edição 1842 . 25 de fevereiro de 2004
  • “Vai começar o duelo de amor explícito”

Comentando os elogios recíprocos entre o líder do governo, Aloizio Mercadante, e o líder tucano, Arthur Virgílio
Fonte: Revista IstoE 1864 06/07/2005 e Jornal do Brasil
  • “Ou todos são inocentes, ou estão todos articulados.”

No programa de Jô Soares, garantindo que o presidente Lula não ignora o que fazem os dirigentes petistas que são acusados no caso do mensalão
Fonte: Revista Veja Edição 1913 . 13 de julho de 2005
  • “Meu amor, eu tenho que entender mais sobre reforma agrária do que você.”; “Não posso meu amor, isso é contra a constituição.”

Se dirigindo a Fátima Bernardes em sua entrevista no dia 9 de julho de 2006 ao Jornal Nacional.
  • “É melhor ser o partido da lona preta do que ser o partido da mala-preta, que, por onde passa, deixa um rastro de corrupção.”

Heloísa Helena, senadora (PT-AL), respondendo a Bornhausen
Fonte: Revista Veja, Edição 1 675 – 15/11/2000
  • “Só tenho paciência para agüentar briga de crianças com menos de 35 anos.”

Heloísa Helena, líder do PT no Senado, sobre a briga entre ACM e Jader Barbalho
Fonte: Revista Veja, Edição 1 671 – 18/10/2000

Sobre

  • “O PMDB ficaria muito honrado se Heloísa Helena levasse em conta o convite. Quem sabe ela não seria nossa candidata ao governo de Alagoas?”

Renan Calheiros, líder do PMDB no Senado, sobre convite para a senadora Heloísa Helena ir para seu partido
Fonte: Revista Veja Edição 1833 . 17 de dezembro de 2003
  • “Isso é brincadeira! Tenho mais o que fazer.”

Fazendo pouco do convite
Fonte: Revista Veja Edição 1833 . 17 de dezembro de 2003

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s