Pablo Picasso – Pintor, Escultor, Poeta e Dramaturgo

Cézanne é o pai de todos nós”.

Fonte: Site do UOL, num artigo referente aos 100 da morte de Cézanne, publicado no dia 26 de Janeiro de 2006, às 15h23.

“Quando eu tinha 15 anos sabia desenhar como Rafael, mas precisei uma vida inteira para aprender a desenhar como as crianças”

Pablo Picasso citado em “Quando a Psicoterapia Trava – Página 69, Marina da Costa Manso Vasconcellos, Grupo Editorial Summus, 2007, ISBN 8571830312, 9788571830318 – 216 páginas

“A inspiração existe, mas tem que te encontrar trabalhando.”

  • Cambio 16: Edições 884-887, Informacion y Publicaciones, S. A., 1988

picasso-masterpieces-from-the-musee-national-picasso-paris

“Copiar outras pessoas é necessário, mas copiar a si mesmo é patético.

– To copy others is necessary but to copy oneself is pathetic

– Picasso citado em Nation – Edições 1-33 – Página 64, 1958

Pablo PicassoPablo Picasso 2Pablo Ruiz Picasso (Málaga, 25 de outubro de 1881Mougins, 8 de abril de 1973), foi um pintor espanhol, escultor, ceramista, cenógrafo, poeta e dramaturgo que passou a maior parte da sua vida na França

É conhecido como o co-fundador do cubismo, ao lado de Georges Braque, inventor da escultura construída,[1][2] o inventor da colagem e pela variedade de estilos que ajudou a desenvolver e explorar.

Dentre as suas obras mais famosas estão os quadros cubistas As Senhoritas D’Avignon (1907) e Guernica (1937), uma pintura do bombardeio alemão de Guernica durante a Guerra Civil Espanhola.

Escultura no Daley Plaza (Chicago, Estados Unidos).
“Les Demoiselles d’Avignon” umas das obras mais conhecidas do pintor (Museu de Arte Moderna de Nova Iorque).

Picasso, Henri Matisse e Marcel Duchamp são considerados os três artistas que mais realizaram desenvolvimentos revolucionários nas artes plásticas nas décadas iniciais do século XX, responsável por importantes avanços na pintura, na escultura, na gravura e nas cerâmicas.[3][4][5][6]

O pintor de Málaga demonstrava talento artístico desde jovem, pintando de forma realista por toda a sua infância e adolescência.

Durante a primeira década do século XX, o seu estilo mudou graças aos seus experimentos com diferentes teorias, técnicas e ideias.

Sua obra geralmente é classificada em períodos.

Enquanto os nomes de muitos dos seus períodos finais são controversos, os períodos mais aceitos da sua obra são o período azul (19011904), o período rosa (1904-1906), o período africano (19071909), o cubismo analítico (1909-1912) e o cubismo sintético (1912-1919).

Excepcionalmente prolífico durante a sua longa vida, Picasso conquistou renome universal e imensa fortuna graças às suas conquistas artísticas revolucionárias, tornando-se uma das mais conhecidas figuras da arte do século XX.

pablo-picasso

Pablo Picasso

Picasso em foto da revista Vea y Lea, em março de 1962

Nascimento 25 de outubro de 1881
Málaga, Andaluzia, Espanha
Morte 8 de abril de 1973 (91 anos)
Mougins, Provença-Alpes-Costa Azul, França
Principais trabalhos Les demoiselles d’Avignon
Guernica
Dora Maar au Chat
Prémios Prêmio Lenin da Paz(1962)
Área Pintura
Escultura
Movimento(s) Cubismo
Publicações Picasso. Écrits
Página oficial
picasso.com
Assinatura

Picasso style

Fonte das Citações: Wikiquote

Fontes Biográficas: Wikiwand


Citações Atribuídas

  • “Não se pode fazer nada sem a solidão.”

Nada puede hacerse sin soledad

citado em Punta Europa: Volume 2,Edições 18-24 – página 154, Vicente Marrero Suárez – 1957
  • “Se sabemos exactamente o que vamos fazer, para quê fazê-lo?”

Si se sabe exactamente lo que se va a hacer. ¿Para qué hacerlo?

citado em Picasso íntimo: 1971 noventa años, Antonio D. Olano – 1971 – 351 páginas
  • “Quando dizem que sou demasiado velho pra fazer alguma coisa procuro fazê-la em seguida.”

Cuando me dicen que soy demasiado viejo para hacer una cosa, procuro hacerla enseguida.

citado em Psiquiatría geriátrica – Página xxi, Luis Agüera Ortiz, Jorge Cervilla Ballesteros, Manuel Martín Carrasco – Publicado por Elsevier España, 2006, ISBN 8445815792, 9788445815793 – 1048 página
  • “A inspiração existe, mas tem que te encontrar trabalhando.”

Cambio 16: Edições 884-887, Informacion y Publicaciones, S. A., 1988
  • “Copiar outras pessoas é necessário, mas copiar a si mesmo é patético.”

To copy others is necessary but to copy oneself is pathetic

Picasso citado em Nation – Edições 1-33 – Página 64, 1958
  • “Ser contra um movimento é ainda fazer parte dele.”
  • “Leva-se muito tempo para ser jovem.”
  • “Nunca conseguirás convencer um rato de que um gato traz boa sorte.”
  • “Há pessoas que transformam o sol numa simples mancha amarela, mas há aquelas que fazem de uma simples mancha amarela o próprio sol.”
  • “Quando vier a inspiração, que me pegue trabalhando.”
  • “Não há, na arte, nem passado nem futuro. A arte que não estiver no presente jamais será arte.”
  • “Se apenas houvesse uma única verdade, não poderiam pintar-se cem telas sobre o mesmo tema.”
  • “Um pintor é um homem que pinta o que vende. Um artista, por sua vez, é um homem que vende o que pinta.”
  • “Eu não procuro, eu acho.”
  • “Eu não aprimoro, eu sou.”
  • “Eu não falo tudo, mas pinto tudo.”
  • “A pintura não foi feita para enfeitar paredes. A pintura é uma arma, é a defesa contra o inimigo.”
  • “Minha mãe me dizia: “Se queres ser um soldado, serás general. Se queres ser um monge, acabarás sendo Papa.” Então eu quis ser um pintor e agora sou Picasso.”
  • “A qualidade de um pintor depende da quantidade de passado que carrega consigo.”
  • “Quis ser pintor e tornei-me… Picasso”
  • “Foi o senhor que fez isso?” — pergunta de um oficial nazista mostrando uma foto do painel Guernica à Picasso.
  • “Eu não fiz, vocês é que fizeram, eu só pintei.” — resposta de Picasso.
Conta-se que, em 1940, com Paris ocupada pelos nazistas, um oficial alemão, diante de uma fotografia reproduzindo o painel, perguntou à Picasso se havia sido ele quem tinha feito aquilo. O pintor, então, teria respondido com a frase acima.

Sobre

  • “Famoso precursor da Talidomida”
Mário Quintana, no Caderno H
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s